top of page
  • Foto do escritorNana Sipora

Ancestralidade: reverência e desprendimento

É na profundidade das raízes que está o sustento de toda a árvore. Quanto mais as raízes crescem para baixo, mais o tronco ganha força e estabilidade para crescer para cima.


Muitas pessoas se perguntam por onde começar o desenvolvimento de um projeto autoral...


Na Mentoria Arvorescer sugerimos que esse começo se dê pela "Revelação da Raiz".


Todos nós temos raízes, mas muitas vezes não conseguimos nos conectar a elas.

Objetivamente, nossas raízes são os nossos ancestrais: pai, mãe, avós, bisavós e por aí vai, numa ampla lista que não acaba mais...

Todos nós temos raízes profundas, com camadas e subcamadas que pertencem ao mistério e podem levar muitas "vidas" para serem reveladas.


Revelar nossas raízes é uma tarefa árdua, mas nem por isso deve ser abandonada!


Para começar a desenvolver um projeto autoral precisamos convidar nossos ancestrais para se "sentarem à mesa" e, gentilmente, servir um chá sem hora marcada para acabar:


O que eles faziam? O que genuinamente sentiam? Quais eram suas ideias, dores, anseios?

Precisamos compreender que somos um agente intermediário, um conector, uma ponte entre o passado e o futuro e que o que está em nossas mãos é o desafio de realizarmos essa conexão com sabedoria e beleza.


Considero que dois movimentos internos são fundamentais nesse processo de aproximação dos ancestrais e de revelação de nossas raízes e das raízes de um projeto:


1. O aprendizado da reverência


Reverência para saber que não somos o ponto de partida nem o ponto de chegada de nenhum processo criativo.


Somos a continuidade da natureza dos gestos - conscientes ou inconscientes - das gerações que nos antecederam.


2. O aprendizado do desprendimento


Ser continuidade não é o mesmo que ser uma cópia! Precisamos reverenciar os nossos ancestrais e, ao mesmo tempo, abrir espaço para encarnarmos uma diferença essencial em relação ao que eles foram.

Através da nossa vida e de nossos projetos, precisamos nos conectar com nossos ancestrais para permitir que suas ideias e sonhos voem mais alto e deem um salto na direção da possibilidade de frutificar.


Na Mentoria Arvorescer, experimentamos diversas ferramentas: exercícios de escrita, meditações guiadas e cantos de cura que abrem o nosso campo interno para uma investigação poética, sensível e profunda sobre nosso "ecossistema criativo".


Te convido a conhecer mais sobre a Mentoria Arvorescer:

E a ficar por dentro também do curso Poéticas Ancestrais do Feminino:



Somos o fruto futuro de uma grande árvore de ancestrais.

Em meu peito arde a chama dos que não existem mais, mas marcaram para sempre a minha vida.

Obs.: Registro fotográfico do Filippi Nuk'h na virada de 2021 para 2022. Eu e minha avó Odete.


Com carinho,


Mariayne Nana (Sipora)




43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Oração de Proteção para os Exus Guardiões

Senhor da alegria rara Peço a proteção de tua coroa Na travessia do meu caminhar Peço a riqueza de tua presença No que em mim se fecha e se morbidifica Peço a força de tua dança na libertação de meus

Ciclos

bottom of page